segunda-feira, 11 de março de 2013

AMERICA


Ela é dividida em: América do Norte, América Central e América do Sul


A América é um continente localizado no ocidente, fixado entre os oceanos Pacífico e Atlântico. Esse continente ocupa uma área de 42 189 120 km², onde vivem cerca de 902 milhões de habitantes.
Esse continente é chamado também de Américas (plural), nele existem trinta e cinco países e mais dezoito territórios.

A América é subdividida em América do Norte, América Central e América do Sul. Ao longo do continente americano existem cadeias de montanhas como as Rochosas na América do Norte; a Sierra Madre Ocidental, na América Central; e a Cordilheira dos Andes, na América do Sul. Há também grandes planícies, como as que ocorrem nas bacias hidrográficas do Mississipi (EUA) e do Amazonas (Brasil). O ponto mais elevado de todo continente fica na Argentina, o Aconcágua, com 6 959 metros de altitude.

A população americana é constituída por vários tipos de povos, dos quais podemos citar: índios, europeus (espanhóis, ingleses, irlandeses, italianos, portugueses, franceses, alemães e holandeses), negros africanos, asiáticos, mestiços e mulatos.

Grande parte da população desse continente vive na América Latina - conjunto de países de línguas derivadas do latim. Os países que falam línguas que não são oriundas do latim, como o inglês, são considerados da América Anglo-Saxônica. Em suma, é uma forma de regionalizar a América a partir da característica linguística.

Informações diversas

Nome: América.

Maior país: Canadá, com 9 984 678 km².

Menor país: El Salvador, com 22, 96 km².

Ponto mais elevado: Aconcágua (Argentina), com 6 962 metros de altitude.

Ponto mais baixo: Laguna Del Carbón (Argentina).

Maior Lago: Lago Superior (entre Estados Unidos e Canadá).

Extremo do continente - de norte a sul: 15 mil quilômetros.

País mais populoso: Estados Unidos, com aproximadamente 314,7 milhões de habitantes.

País menos populoso: São Cristovão e Nevis, com cerca de 49 mil habitantes.

País mais povoado: Barbados, com densidade demográfica de cerca de 647 hab./Km².

País menos povoado: Suriname, com densidade demográfica de aproximadamente 2,8 hab./ km².

Línguas mais faladas: espanhol, inglês, português, francês e dialetos.

País mais rico: Estados Unidos.

País mais pobre: Haiti.

Maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano): Estados Unidos, com 0, 902 – muito alto.

Maior temperatura registrada: 56,6°C, no Vale da Morte (EUA).

Menor temperatura registrada: - 61,4°C (Ilhas Árticas).

AMERICA ANDINA


Os países que formam a América Andina
A América Andina é uma porção territorial da América do Sul. Recebe essa denominação pelo fato de ser cortada pela Cordilheira dos Andes, que se estende de norte a sul do subcontinente. Os países que compõem a América Andina são: Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela.

Esses países correspondem a uma extensão territorial de 5,3 milhões de quilômetros quadrados, sendo habitado por aproximadamente, 144 milhões de pessoas. A maioria da população (70%) é composta por ameríndios e mestiços, consequência da miscigenação entre o índio (população nativa) e o branco (colonizador europeu).

O clima na América Andina varia de acordo com a proximidade da Cordilheira dos Andes. No sentido norte-sul, os climas registrados são: equatorial, tropical, desértico (sul do Peru e norte do Chile), mediterrâneo e temperado (diminuindo as temperaturas em direção ao sul do Chile).

A produção agrícola e extrativista são as principais atividades econômicas dos países andinos, sendo responsáveis pela absorção da mão de obra de grande parcela da população. A atividade pesqueira no Peru destaca-se em virtude de o mesmo ser considerado um dos maiores produtores de pescado do mundo.
O Chile é grande produtor de cobre. A Venezuela, por sua vez, apresenta grandes reservas de petróleo, sendo grande produtora e exportadora do produto, cuja nação integra a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP). O Equador também é grande produtor de petróleo, no entanto, não integra a OPEP. Na Bolívia, destaca-se a exploração de estanho e gás natural.
Um aspecto negativo é que a Colômbia, a Bolívia e o Peru são um dos três maiores produtores mundiais de cocaína.

O setor industrial é pouco desenvolvido, sendo que o Chile é o principal representante desse segmento da economia. A indústria na América Andina fundamenta-se nos produtos têxteis, alimentícios, metalurgia, de bebidas e produtos agrícolas.

A Comunidade Andina é um bloco econômico formado por países da América Andina. Sua criação teve como principal objetivo, o fortalecimento econômico dos países membros, tendo como principais integrantes: Bolívia, Colômbia, Equador e Peru. O Chile integrou o bloco entre os anos de 1969-1976, e a Venezuela foi país membro entre os anos de 1973-2006.

Dados dos países Andinos:
Bolívia

Área: 1.098.581 km²
População: 9.862.860
Densidade demográfica: 9 hab./km²
Idioma: Espanhol, Quínchua e Aimará.
Moeda: Boliviano
Capital: La Paz
Expectativa de vida: 65 anos
IDH: 0,643
PIB: 16,7 bilhões de dólares.
Chile

Área: 756.945 km²
População: 16.970.265 habitantes
Densidade demográfica: 22 hab./km²
Idioma: Espanhol.
Moeda: Peso
Capital: Santiago
Expectativa de vida: 78 anos
IDH: 0,783
PIB: 169,4 bilhões de dólares.

Colômbia

Área: 1.138.914 km²
População: 45.659.709 habitantes
Densidade demográfica: 40 hab./km²
Idioma: Espanhol.
Moeda: Peso colombiano
Capital: Bogotá
Expectativa de vida: 72 anos
IDH: 0,689
PIB: 242,2 bilhões de dólares.
Equador

Área: 283.561 km²
População: 13.625.069 habitantes
Densidade demográfica: 48 hab./km²
Idioma: Espanhol.
Moeda: Dólar americano
Capital: Quito
Expectativa de vida: 74 anos
IDH: 0,695
PIB: 52,6 bilhões de dólares.
Peru

Área: 1.285.216 km²
População: 29.164.883 habitantes
Densidade demográfica: 22 hab./km²
Idioma: Espanhol, Quínchua, Aimará
Moeda: Novo Sol
Capital: Lima
Expectativa de vida: 71 anos
IDH: 0,723
PIB: 127,4 bilhões de dólares.

Venezuela

Área: 912.050 km²
População: 28.853.366 habitantes
Densidade demográfica: 31 hab./km²
Idioma: Espanhol
Moeda: Bolívar Venezuelano
Capital: Caracas
Expectativa de vida: 73 anos
IDH: 0,696
PIB: 313,8 bilhões de dólares.

AMERICA CENTRAL

Mapa da América Central.
Mapa da América Central.
O continente americano é dividido em três partes: América do Sul, América Central e América do Norte. Abordaremos a seguir as informações específicas da América Central que se enquadra na América Latina, onde se localizam os países subdesenvolvidos ou em desenvolvimento.
A América Central é dividida em trecho continental e insular. A América Central Continental corresponde à uma restrita faixa de terras emersas que liga a América Central à América do Norte e à América do Sul. Nesse istmo estão estabelecidos sete países: Belize, Guatemala, Honduras, El Salvador, Nicarágua, Costa Rica e Panamá.

A América Central Insular (ou formado por ilhas), corresponde a um grupo de ilhas localizadas no Mar das Antilhas conhecido como Mar do Caribe, que é ramificado em Grandes Antilhas, Pequenas Antilhas e Bahamas. Na primeira Antilha estão presentes as nações mais importantes do Caribe tais como Cuba, Jamaica, Haiti, República Dominicana e Porto Rico, que faz parte do controle dos Estados Unidos, apesar disso não possui representantes no congresso.

As Pequenas Antilhas são compostas por oito nações autônomas: Antígua e Barbuda, Barbados, Dominica, Granada, Santa Lúcia, São Cristóvão, Nevis, São Vicente, Granadinas e Trinidad e Tobago, além de cinco possessões do Reino Unido: Anguilla, Ilhas Cayman, Ilhas Turks e Caicos, Ilhas Virgens Britânicas e Montsserat. Existem ainda duas possessões da Holanda, as Antilhas Holandesas e Aruba; duas possessões da França: Guadalupe e Martinica; e uma possessão dos Estados Unidos: as Ilhas Virgens Americanas.

Características naturais da América Central
Uma grande parcela do território que compõe a América Central é ocupada por montanhas que periodicamente desenvolve o processo de vulcanismo e também de terremotos. As áreas que apresentam as planícies se restringem à costa do Atlântico e do Pacífico.

A América Central está situada praticamente em sua totalidade na zona intertropical, no entanto, desenvolve outros tipos de climas provenientes das altitudes, a partir disso é possível identificar três domínios climáticos.

Terras quentes representam as regiões onde estão as planícies e os baixos planaltos, onde ocorrem temperaturas médias mensais de cerca de 25ºC, com características de climas tropical úmido e equatorial.

Terras temperadas localizam-se em áreas entre as planícies e as montanhas, predominam temperaturas médias de aproximadamente 20ºC e desenvolve o clima tropical de altitude.

Terras frias correspondem a lugares que são constituídos por montanhas elevadas e que por isso ocasionam temperaturas semelhantes de clima frio.

O relevo das Ilhas do Caribe é constituído por montanhas formadas por eventos vulcânicos, na verdade, muitas dessas montanhas são vulcões, alguns são ativos como Pelée localizado em Martinica.

AMERICA DO NORTE 


Países que compõem a América do Norte.
A América do Norte está localizada no extremo norte das Américas e é composta por apenas três países: Estados Unidos, Canadá e México, além de territórios de domínios europeus, como a Groelândia (pertencente ao Reino da Dinamarca, com representação no parlamento) e Bermudas (dependência britânica). Os dois primeiros países são os únicos do continente americano que estão inseridos no grupo dos países mais importantes político e economicamente, especialmente os Estados Unidos, que possuem a condição de maior potência mundial; já o México configura-se como um país em desenvolvimento, ou seja, emergente.

Um fato determinante na atual condição dos países citados é o fator histórico. Assim como todas as nações das Américas, os Estados Unidos e o Canadá também foram colonizados por europeus, entretanto, o modo como foram desenvolvidos foi diferente, pois enquanto o centro e o sul das Américas foram colônias de exploração, as nações em questão viveram um processo de povoamento. A América do Norte é também conhecida por América Anglo-Saxônica (de língua inglesa) ou América desenvolvida.


Aspectos naturais da América do Norte:

A América do Norte é banhada ao norte pelo Oceano glacial Ártico; a oeste, pelo Oceano Pacífico; e a leste, pelo Oceano Atlântico.

Relevo:
Quanto ao relevo, a América do Norte apresenta basicamente três tipos, como ocorre em grande parte de todo continente americano.

• Porção ocidental: abriga uma série de cadeias de montanhas, muitas dessas são vulcões que se encontram em atividade e, por isso, há uma grande ocorrência de terremotos. Dentre as muitas montanhas presentes, as principais são: Cadeias da Costa, Sierra Nevada e as montanhas Rochosas.
• Porção oriental: corresponde a regiões onde se encontram planaltos e montanhas de idade geológica antiga e que sofreram diversos e longos processos erosivos. Os principais planaltos são: Labrador (Canadá) e Monte Apalache (Estados Unidos).
• Porção central: essa região abriga extensas áreas compostas por planícies, abrangendo também rios e lagos. As mais conhecidas são: as planícies de Lacustre (Canadá), do Mississipi (Estados Unidos) e a planície dos Grandes Lagos.

Hidrografia:
A hidrografia da América do Norte é bastante diversificada. No território canadense, os lagos predominam, existem pelo menos 150 mil lagos, grande parte de origem glacial.

A maior concentração de lagos da América do Norte está localizada entre as fronteiras dos Estados Unidos e do Canadá. Os maiores e mais importantes lagos são: Superior, Michigan, Huron, Erie e Ontário, o primeiro possui 84 mil km2.

Quanto aos rios, no Canadá o que se destaca é o Rio São Lourenço, isso porque serve como hidrovia entre os Grandes Lagos e o Oceano Atlântico. Nos Estados Unidos, o mais importante quanto à capacidade de navegação é o Rio Mississipi, outros importantes são Colorado e Columbia, ambos utilizados na irrigação e na geração de energia elétrica.


Clima e vegetação da América do Norte :
Em razão da dimensão territorial, na América do Norte são desenvolvidos diversos tipos de composição vegetativa e climática. Os principais são:

Tundra: tipo de vegetação que se desenvolve a partir do degelo. É composto por liquens, musgos, ervas e arbustos de baixa estatura, em razão do clima frio com invernos longos e rigorosos.

Floresta Temperada: esse tipo de vegetação ocorre em regiões onde predomina o clima temperado. Caracteriza-se por apresentar as estações do ano bem definidas com invernos frios e verões quentes, as florestas temperadas são compostas por árvores caducifólias e musgos, e há presença de cedros, carvalhos e pinheiros.

Estepe e Pradaria: ocorre em áreas que possuem clima semiárido, com temperaturas elevadas e longos períodos de estiagem. Em virtude dessa adversidade, a composição vegetativa é bastante restrita com a presença de gramíneas e ausência de árvores.

Vegetação desértica: desenvolve-se em regiões desérticas no sul dos Estados Unidos, na fronteira com o México, e também na região do Rio Colorado. O clima é desértico, por isso é seco durante todo o ano.

Savana: ocorre em lugares onde há incidência de chuvas regulares durante o ano e temperaturas sempre abaixo de 10ºC nas estações do outono e inverno.

Vegetação de montanhas: em razão da altitude, a temperatura tende a cair, assim, apresenta clima parecido com o clima frio; quanto à cobertura vegetal, existem poucas formas presentes.

Ausência de vegetação: ocorre em regiões da América do Norte que possuem temperaturas muito frias, ou seja, polares. Essa adversidade climática não permite o desenvolvimento de nenhuma forma de vegetação.


                              AMERICA DO SUL

Mapa da América do Sul.
Mapa da América do Sul.
O continente Americano é dividido em três partes: América do Norte, Central e do Sul. Abordaremos a seguir as principais características e informações daAmérica do Sul.

América do Sul está localizada em grande parte no hemisfério sul, na zona intertropical ocidental. A América do Sul abrange um território de 18 milhões de quilômetros quadrados e é banhada a leste pelo oceano Atlântico, a oeste pelo oceano Pacífico e ao norte pelo mar das Antilhas, conhecido como do Caribe.

O subcontinente abordado é privilegiado em área costeira, ao longo do litoral sul-americano são identificados diversos acidentes geográficos, um exemplo desse tipo de configuração é o Estreito de Margalhães, que liga o oceano Pacífico ao Atlântico, além das Malvinas (arquipélago com mais de duzentas ilhas, localizadas na costa Argentina), Fernando de Noronha (vinte ilhas de origem vulcânica, localizadas na costa nordeste do Brasil); e na costa do Equador, as ilhas Galápagos, instituídas pela ONU (Organização das Nações Unidas) como Patrimônio Natural da Humanidade.

Aspectos naturais da América do Sul

Relevo 


Toda a costa leste da América do Sul é composta por planaltos de origem geológica muito antiga, em razão disso sofreu longos processos erosivos e atualmente possui características relativamente planas.

No interior da América do Sul identifica-se uma predominância de planaltos com pouca elevação e planícies.

No extremo ocidente do subcontinente o relevo é constituído por grandes altitudes, onde está localizada a Cordilheiras dos Andes, que corresponde a um dobramento alpino oriundo do encontro entre a placa de nazca e a placa sul-americana, razão pela qual a região desenvolve uma grande incidência de abalos sísmicos. A Cordilheira dos Andes estende-se desde a Venezuela até o Chile, possui aspectos distintos que variam de acordo com cada particularidade, pode ser classificado como: Andes setentrionais úmidos, Andes centrais ou áridos e Andes meridionais ou frios.

Hidrografia 

A América do Sul, em recurso hídrico, possui uma das maiores bacias hidrográficas do mundo, como a bacia do Amazonas, que é a maior do mundo.

O grande potencial hídrico desse subcontinente é proveniente dos aspectos climáticos que predominam em grande parte do território onde prevalecem os climas úmidos (equatorial e tropical úmido) com altos índices pluviométricos.

As principais bacias hidrográficas presentes na América do Sul são:

Bacia Amazônica: está localizada na floresta Amazônica e abrange Brasil, Bolívia, Peru, Equador, Colômbia, Venezuela e Guiana.

Bacia do Prata: corresponde à união de três sub-bacias (Paraná, Paraguai e Uruguai).

Bacia do Rio São Francisco: encontra-se totalmente em território brasileiro e tem como rio principal o São Francisco.

Clima e vegetação

Em razão da extensão territorial, no sentido norte-sul, o continente sofre influência de duas zonas climáticas: a intertropical e a temperada do sul. Dessa forma, são identificados climas equatorial, tropical, além da presença de clima mediterrâneo e temperado.

O relevo é um dos primordiais na composição dos climas, ao longo de toda planície amazônica não há altitudes que possam impedir a locomoção de massas de ar quente ou fria, servindo assim como uma espécie de corredor de passagem de massas que seguem seu trajeto para interagir com as características locais e assim dar origem às distintas variações climáticas.
Além dos climas já apresentados, na América do Sul são identificados ainda os climas: frio de montanha, característico dos Andes; semiárido, que ocorre nos Andes Central e nordeste brasileiro; e árido ou desértico, que ocorre na Patagônia (Argentina) e no Atacama (Chile).

Como o clima em grande parte é o equatorial e tropical, desenvolve grandes florestas do tipo latifoliadas, que corresponde à floresta equatorial, como a Amazônica.

Nas áreas de clima tropical, que ocorre nos territórios do Brasil, Paraguai, Venezuela e Colômbia, ocorrem vegetações tais como as savanas (cerrado no planalto central brasileiro, chaco no Paraguai e Bolívia e lhanos na Venezuela). E nas regiões de clima tropical úmido ocorrem as florestas tropicais como a floresta Atlântica na costa brasileira.

Nas regiões onde prevalece o clima subtropical, como no sul do Brasil, Uruguai e Argentina, ocorrem vegetações como Mata de Araucária, além de estepes e pradarias.

Em uma restrita parcela da América do Sul ocorre o clima temperado, essa característica climática se apresenta no sul do Chile, a vegetação que desenvolve na região é a floresta temperada.

AMERICA PLATINA


Localização dos países da América platina
A América Platina é uma porção da América do Sul formada por três nações: Argentina, Paraguai e Uruguai. O vínculo entre esses países é desde o período colonial, pois já participaram de uma mesma administração política. Além desse aspecto, essas três nações possuem outra característica em comum: são banhadas pelos rios que formam a Bacia Hidrográfica do Rio Prata.

Com extensão territorial de 3.351.055 quilômetros quadrados, a América Platina corresponde a 18% do território sul-americano. O relevo é caracterizado por planícies e planaltos. A oeste, na fronteira da Argentina com o Chile, está localizada a Cordilheira dos Andes. O clima varia de acordo com cada região.
No norte, predomina o clima tropical e no sul, o clima característico é o temperado. Os principais rios são: o Paraná, Paraguai e o Uruguai, formando a Bacia Hidrográfica do Rio Prata.

Esses três países somam, aproximadamente, 50 milhões de habitantes, sendo a Argentina, o país mais populoso – com 40 milhões. A maioria da população da América Platina, especialmente da Argentina e do Uruguai, é branca e de origem europeia. Tal fato se explica em virtude do intenso fluxo migratório de espanhóis e italianos para esses dois países no final do século XIX e início do século XX. No Paraguai predominam os mestiços e ameríndios.

A economia na América Platina é bem dinâmica e diversificada. Todos os três países têm na agropecuária, um importante elemento da economia. Na Argentina destaca-se o cultivo de trigo e criação de bovinos e ovinos. No Uruguai, no domínio dos pampas, ocorre a criação de bovinos, produção de carnes e ovinos, além do cultivo de milho e trigo. As principais áreas agrícolas do Paraguai estão localizadas a leste do rio Paraguai, onde são cultivados vários produtos, principalmente algodão e soja.

A Argentina é a nação mais industrializada da América Platina. A indústria concentra-se em Buenos Aires, Córdoba e Rosário. Montevidéu, capital do Uruguai, abriga a maioria das indústrias no país, cujo setor se baseia na produção alimentícia e têxtil.

O Paraguai apresenta uma industrialização muito limitada, apoiando-se por excelência na produção alimentícia.
O turismo é outro elemento de fundamental importância para a economia desses três países. A Argentina, o Paraguai e o Uruguai, juntamente com o Brasil, formam o bloco econômico mais expressivo da América do Sul – o Mercado Comum do Sul (MERCOSUL).

Dados dos Países da América Platina:

Argentina
Área: 2.766.889 km².
População: 40.276.376 habitantes
População urbana: 92%
Densidade demográfica: 14,5 hab./km².
Idioma: Espanhol
Moeda: Peso argentino
Capital: Buenos Aires
Expectativa de vida: 75 anos
IDH: 0,775
PIB: 328,4 bilhões de dólares.
Paraguai
Área: 406.752 km².
População: 6.348.917 habitantes
População urbana: 61%
Densidade demográfica: 15,6 hab./km².
Idioma: Espanhol e Guarani
Moeda: Guarani
Capital: Assunção
Expectativa de vida: 71,5 anos
IDH: 0,640
PIB: 16 bilhões de dólares

Uruguai 
Área: 177.414 km².
População: 3.360.854 habitantes
População urbana: 92,5%
Densidade demográfica: 19 hab./km².
Idioma: Espanhol
Moeda: Peso uruguaio
Capital: Montevidéu
Expectativa de vida: 76 anos
IDH: 0,765
PIB: 32,2 bilhões de dólares.
Brasil Escola

Nenhum comentário:

Postar um comentário